Ingmar Bergman – Um cineasta filho de teólogo, com filmes profundos e temas existenciais complexos

timthumb

Ingmar Bergman é um cineasta e dramaturgo sueco, seus filmes são sensíveis, profundos e geralmente abordam temas existenciais ou relacionamentos familiares, psicológicos e complexos. Considerado um dos maiores cineastas da história do cinema, entre os anos 40 e 2000 produziu mais de 50 filmes, várias peças e produções artísticas com dezenas e dezenas de premiações e indicações, vários Oscares, Globo de Ouro, Festival de Cannes, BAFTA… pesquise que você vai se impressionar.

Filmes como O Sétimo Selo, foi escrito e dirigido por Ingmar Bergman, baseado numa peça de teatro de sua autoria. Tema de uma profundidade raramente encontrada no cinema, conteúdo denso e elaborado de forma muito inteligente. No roteiro, um cavaleiro retorna das Cruzadas e encontra o país arrasado pela Peste Negra. Suas crenças em Deus são abaladas e no meio de profundas reflexões sobre vida e morte, ele encontra com a Morte personificada, ambos jogam xadrez enquanto debatem o sentido da vida. Surreal e complexo. Biógrafos afirmam que o filme reflete os conflitos existenciais de Bergman, surgidos entre a influência religiosa que recebeu dos pais protestantes e as influências de pensadores e filósofos nórdicos como o dinamarquês Kierkegaard, pai do Existencialismo.

seventh_seal_web__detail_carousel
O Sétimo Selo (1957)

Mas meu filme preferido dele é uma semi-autobiografia. “As Melhores Intenções” fez algum sucesso nos anos 90, mas poucos sabem que é a história de sua família, especialmente de seus pais. Muitos de nós dizemos que a história de nossos familiares, nossos pais ou avós, daria um filme, mas neste caso deu um belo filme. Seu pai Henrik Bergman, era um estudante de teologia, protestante e pobre, sua mãe Anna Åkerbloom uma aristocrata, de uma das famílias mais importantes da Suécia. Romance improvável, mas eles acabam se casando e se mudam para o norte da Suécia, onde seu pai vai pastorear uma igreja da classe operária, conviver com pessoas simples e rudes. Peculiaridades de toda sorte surgem, drama e romance se misturam, a dura realidade da vida ministerial do casal é muito bem descrita, pois o roteirista viveu tudo aquilo.  Seu pai era excessivamente rígido e tinha dificuldades para perdoar, problemas familiares complexos e desafios eclesiásticos fazem parte do roteiro. O filme se desenvolve até seu nascimento. Interpretações impecáveis, grandes artistas como Max Von Sydow (Game of Thrones, Star Wars, Ilha do Medo), Pernilla August (Star Wars, O Jardineiro Fiel) fazem parte do elenco. Quando conhecemos sua história logo compreendemos seus filmes, sendo filho de um teólogo, naturalmente cresceu refletindo sobre temas profundos e existenciais. A direção de “As melhores Intenções” não foi dele, mas de Bille August, o roteiro é de Ingmar Bergman. Este filme tem no NETFLIX.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s