The Message (A Mensagem)

813oO-4JlHLA tradução da Bíblia segundo Eugene Peterson, intitulada The Message demorou 12 anos para ficar pronta e chamou muita atenção nos último anos, desde seu lançamento. Teve muitos elogios e críticas. Mas para quem conhece e lê os livros e estudos de Peterson não há nenhuma novidade, pois sabe que ao longo destes 40 anos, foi ele mesmo quem fez todas as traduções diretamente dos textos originais gregos e hebraicos para serem usadas em seus estudos e livros publicados.

Na verdade, não é bem uma tradução propriamente dita, mas uma “paráfrase”, uma tradução interpretada, uma devocional do texto Bíblico. A Mensagem é na verdade uma grande devocional de toda a Bíblia, feita por um erudito, um teólogo consistente e profundo, mas que ao mesmo tempo é extremamente sensível e contemporâneo em sua linguagem.

Nos estudos dos Salmos em seu livro “Uma longa obediência na mesma direção” vemos um pouco do seu estilo, e os seus estudos dos Salmos são inusitados, justamente devido sua abordagem diferenciada dos textos originais. Seu trabalho não pretende e nem deve substituir as versões consolidadas da Bíblia, e sua “tradução interpretada” as vezes tem uma linguagem mais literal e as vezes tem expressões mais atuais e modernas.

Confira no SlideShare ou PDF: THE MESSAGE (A Mensagem)

Bono Vox & Eugene Peterson

B-EP-are-1Eugene Peterson é um dos meus teólogos favoritos, ainda vivo. Creio que na medida que amadureço em minha espiritualidade, mais me identifico com sua abordagem e expectativa da vida e de Deus. Seu primeiro livro que li, “O Pastor Contemplativo” me fez rever meu ministério em muitos aspectos. Seu retiro espiritual em Montana com sua esposa por cerca de um ano para meditação e amadurecimento da fé, foi inusitado.

Em um mundo perversamente competitivo, com uma espiritualidade cada vez mais superficial e sabotada pela vaidade de líderes religiosos cada vez mais equivocados com sua agenda cheia, mas uma vida vazia de Deus, Peterson é um remédio urgente!

Neste vídeo o cantor Bono Vox da banda U2 tem um encontro com Peterson e sua esposa Jan para conversar sobre Deus e espiritualidade, especialmente sua obra “The Psalms” em sua cabana em Montana.  Vale cada minuto!

[Coloque as legendas do youtube com tradução para português, os diálogos são claros e com pausa, ficou com boa qualidade]

Alguns momentos em sua “Cabana” nas montanhas onde recebe amigos e produz sua vasta e profunda obra literária. Sua casa fica situada numa baía do Lago Flatchead, cercado de montanhas rochosas e picos nevados na região de Montana nos EUA. Foi aqui que, em retiros espirituais com sua esposa, ele produziu muitos de seus livros lidos mundo a fora. Pastor Presbiteriano por 29 anos na mesma igreja em Maryland, sua sólida formação teológica e experiência pastoral lhe permitiram ser professor emérito no prestigiadíssimo Regent College, no Canadá.  Dentre muitas obras que produziu, destaco sua tradução da Bíblia, publicada sob o título The message.

THE MESSAGE (A Mensagem)

A tradução da Bíblia segundo Eugene Peterson, intitulada The Message demorou 12 anos para ficar pronta e chamou muita atenção nos último anos, desde seu lançamento. Teve muitos elogios e críticas. Mas para quem conhece e lê os livros e estudos de Peterson não há nenhuma novidade, pois sabe que ao longo destes 40 anos, foi ele mesmo quem fez todas as traduções diretamente dos textos originais gregos e hebraicos para serem usadas em seus estudos e livros publicados.

Na verdade, não é bem uma tradução propriamente dita, mas uma “paráfrase”, uma tradução interpretada, uma devocional do texto Bíblico. A Mensagem é na verdade uma grande devocional de toda a Bíblia, feita por um erudito, um teólogo consistente e profundo, mas que ao mesmo tempo é extremamente sensível e contemporâneo em sua linguagem.

Nos estudos dos Salmos em seu livro “Uma longa obediência na mesma direção” vemos um pouco do seu estilo, e os seus estudos dos Salmos são inusitados, justamente devido sua abordagem diferenciada dos textos originais. Seu trabalho não pretende e nem deve substituir as versões consolidadas da Bíblia, e sua “tradução interpretada” as vezes tem uma linguagem mais literal e as vezes tem expressões mais atuais e modernas.

Confira no SlideShare ou PDF: THE MESSAGE (A Mensagem)

Exposição em Eclesiastes

eclesiastes

Divisão básica do livro em função da expressão:  Que proveito tem o homem de todo o seu trabalho, com que se afadiga debaixo do sol?

  • 1º Ciclo: 1.1-3.8 (Trabalho e Sabedoria)
  • 2º Ciclo: 3.9-6.7 (Obras do homem x divina)
  • 3º Ciclo: 6.8-12.7 (Sabedoria humana x divina)

Autor: Salomão e o livro faz parte dos livros de sabedoria ou dos livros “sapienciais” de Israel, juntamente com o “Livro de Jó” e o “Livro de Provérbios”. O livro de SABEDORIA nos ensina a viver em um mundo caído e imperfeito;

  • Salomão viveu um período de apostasia:

1 Reis 11:1 Ora, além da filha de Faraó, amou Salomão muitas mulheres estrangeiras: moabitas, amonitas, edomitas, sidônias e hetéias, 2 mulheres das nações de que havia o SENHOR dito aos filhos de Israel: Não caseis com elas, nem casem elas convosco, pois vos perverteriam o coração, para seguirdes os seus deuses. A estas se apegou Salomão pelo amor. 4 Sendo já velho, suas mulheres lhe perverteram o coração para seguir outros deuses; e o seu coração não era de todo fiel para com o SENHOR, seu Deus, como fora o de Davi, seu pai.

Durante este período ele experimentou como é vazia e sem sentido a vida sem Deus neste mundo. VAIDADE: Hebel: vapor, sopro (36 vezes). Vida debaixo do sol sem a perspectiva da vida em cima do sol é sem sentido e vaidade! O mesmo princípio vemos em Romanos 8:20. Pois a criação está sujeita à vaidade, não voluntariamente, mas por causa daquele que a sujeitou,

  • Finalmente Salomão conclui:

Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade. De tudo que se tem ouvido a suma é “Teme a Deus e guarda os seus mandamentos”.

  • Cap. 9.1 Deveras me apliquei a todas estas coisas para claramente entender tudo isto: que os justos, e os sábios, e os seus feitos estão nas mãos de Deus; e, se é amor ou se é ódio que está à sua espera, não o sabe o homem. Tudo lhe está oculto no futuro.

Após se aplicar a compreender a existência, entendemos que a vida tem sentido, pois somos aceitos por Deus, logo:

    • Devemos permanecer com as vestes brancas: pureza e transparência

    ▫(Em todo tempo= se sujar limpa)

    • Devemos permanecer óleo sobre a cabeça (óleo da unção = consagração e serviço)

    ▫(Jamais falte = constante e perseverante)

    • Devemos permaneça fiel em nossas obras: (Tudo quanto te vier à mão, faça conforme as tuas forças)

    ▫Pois para onde nós vamos, irão cessar as nossas obras

Por isso Salomão nos convida: “Vai, pois, come com alegria o teu pão e bebe com coração contente o teu vinho, pois já Deus se agrada das tuas obras. Em todo o tempo sejam alvas as tuas roupas, e nunca falte o óleo sobre a tua cabeça. Goza a vida com a mulher que amas, todos os dias da tua vida vã, os quais Deus te deu debaixo do sol, todos os dias da tua vaidade; porque esta é a tua porção nesta vida, e no teu trabalho, que tu fizeste debaixo do sol. (Ec 9:7-9)

Exposição de Eclesiastes:

Série: Acertando os Ponteiros

Acertando os

Série de Mensagens e Exposições Bíblicas no livro de Eclesiastes, aos domingos 19h na Igreja Presbiteriana Vila Alpes de São Carlos/SP. Transmissão ao vivo a partir das 19h no Facebook da igreja.

Nós somos criados para o companheirismo e não para o individualismo. Não há dúvida que o individualismo é a raiz de muitos males na sociedade. Geert Hofstede é um psicólogo holandês e pesquisador que criou uma medida de diferenciação cultural entre as populações. Uma das medidas mais famosas da sua escala é a que compara tendências ao individualismo e coletivismo. O Brasil está na escala 31 e os EUA por exemplo 91. O livro de Eclesiastes enaltece o companheirismo ao dizer: “Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho. Porque se caírem, um levanta o companheiro; ai, porém, do que estiver só; pois, caindo, não haverá quem o levante. Também, se dois dormirem juntos, eles se aquentarão; mas um só como se aquentará? Se alguém quiser prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; o cordão de três dobras não se rebenta com facilidade.” (Eclesiastes 4.9-12)

individualism_hofstede

Clipe da série:

1a Mensagem:

“É bem melhor serem dois do que um” (Eclesiastes 4.9) Individualismo x Companheirismo.

2a Mensagem:

“Mangiare, Bere e Amare”  Eclesiastes 9.7-9 .

3a Mensagem:

“Discernindo o Tempo de Deus em nossa vida”  Eclesiastes 3.

Série: Espiritualidade na Família

esp1

Políbio (aprox. 200 a.C.) declara que: “No momento que Roma perdeu o conceito de família, começou o declínio do império até sua queda final”. Outros grandes impérios como a Babilônia, também ruíram após o declínio da instituição da família. Uma série de mensagens para fazer você pensar e repensar na família, o seu bem mais precioso!

1a Mensagem: “A Família de Jesus e a nossa” (Mateus 12:46-50)

2a Mensagem: Vencendo as Crises da Família (1a Samuel 30)

Martyn Lloyd-Jones: O Cristão e a Santificação

David Martyn Lloyd-JonesEfésios 1:1 “Paulo, apóstolo de Jesus Cristo, pela vontade de Deus, aos santos que estão em Éfeso, e fiéis em Cristo Jesus”

Notemos a importância de se manter intacta a relação entre ser santo e ser fiel, a relação entre a santidade e ser crente no Senhor Jesus Cristo. Estas coisas nunca devem ser separadas. Por mais que possamos iludir-nos, isso de cristão teórico não existe. É possível sustentar a doutrina da fé na sala de aulas, dar um assentimento intelectual a estas coisas, porém isso não faz de nós cristãos. Daí Paulo coloca “santos” antes de “fiéis”. Disse o Dr. William Temple: “Ninguém é crente, se não é santo, e ninguém é santo, se não é crente”. Estas duas coisas jamais devem ser separadas, nunca se deve abrir uma lacuna entre a justificação e a santificação. Se você é cristão você está em Cristo, e em Cristo o que acontece é que Ele “para nós foi feito por Deus sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção” (1 Coríntios 1:30). Você não pode, você não deve tentar dividir Cristo. É falsa a doutrina que diz que você pode ser justificado sem ser santificado. É impossível; você é “santo” antes de ser “fiel”. Você foi separado. É por isso que você crê. Estas coisas estão entrelaçadas indissoluvelmente. Não permita Deus que as separemos ou que as dividamos, jamais! A santidade é uma característica de todos os cristãos e, se não somos santos, a nossa profissão de fé em Cristo não tem valor. Você não pode ser crente sem ser santo, e não pode ser santo, neste sentido neotestamentário, sem ser crente. “Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem”.