Cooperador de Deus (3a Carta de João)

COOPERADORDEDEUS

Tanto o Evangelho de João, Apocalipse e estas três cartas são escritas pela mesma pessoa, ou seja, o Apóstolo João.  O propósito destas três cartas era orientar a igreja de Cristo sobre o avanço missionário, alertar quanto aos falsos profetas e encorajar a igreja a se engajar no avanço da Missão.

Hospitalidade: Era método usado pela igreja nos primeiros séculos para acolher e enviar missionários pelo mundo. Este ministério era vital para o avanço da igreja, mas falsos profetas se aproveitaram deste “método” para se infiltrarem nas igrejas trazendo assim grandes transtornos. O Apóstolo escreve estas 3 cartas principalmente para orientar a igreja sobre estes desafios como lemos em 1a João 4.1:

Amados, não deis crédito a qualquer espírito; antes, provai os espíritos se procedem de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo fora. 2 Nisto reconheceis o Espírito de Deus: todo espírito que confessa que Jesus Cristo veio em carne é de Deus;

Esta 3ª Carta vai tratar mais especificamente desta dificuldade com a prática da “hospitalidade” e uma divergência que houve dentro da igreja sobre o tema destacando principalmente dois nomes: Gaio e Diótrefes

  • Gaio: Cooperava com a Missão
  • Diótrefes: Atrapalhava a Missão
  1. Gaio: O Cooperador de Deus

O presbítero ao amado Gaio, a quem eu amo na verdade. 2 Amado, acima de tudo, faço votos por tua prosperidade e saúde, assim como é próspera a tua alma. 3 Pois fiquei sobremodo alegre pela vinda de irmãos e pelo seu testemunho da tua verdade, como tu andas na verdade.

Observamos que Gaio:

  • Cooperava financeiramente
  • Estimulava toda a igreja a fazer o mesmo
  • Dava bom testemunho
  • Era motivo de alegria para todos
  • Fazia a Obra de Deus prosperar
  1. Diótrefes: O não Cooperador de Deus

9 Escrevi alguma coisa à igreja; mas Diótrefes, que gosta de exercer a primazia entre eles, não nos dá acolhida. 10 Por isso, se eu for aí, far-lhe-ei lembradas as obras que ele pratica, proferindo contra nós palavras maliciosas. E, não satisfeito com estas coisas, nem ele mesmo acolhe os irmãos, como impede os que querem recebê-los e os expulsa da igreja.

Observamos que Diótrefes:

  • Não cooperava financeiramente
  • Desestimulava toda a igreja a fazer o mesmo
  • Dava péssimo testemunho
  • Era motivo de tristeza para todos
  • Fazia a Obra de Deus paralisar

CONCLUSÃO E APLICAÇÃO

  • Hoje, para sermos Cooperadores de Deus, levarmos a Missão para frente e avançarmos com a Obra de Deus na terra pode ter mudado seu método, mas a situação é a mesma. Ou seja, na Obra de Deus só existem dois lados: O lado de Gaio ou o lado de Diótrefes. De que lado você está?

Cooperadores de Deus (Exposição de 3a João)

Rev Edgard Casolli

Anúncios

A DIFÍCIL TAREFA DE AMAR OS NOSSOS INIMIGOS (Mateus 5.43-44)

‪#‎domingodaigrejaperseguida‬ ‪#‎igrejaperseguida‬ ‪#‎dip2015‬ ‪#‎OPovoDaCruz‬‪#‎EuFaçoParte‬ ‪#‎domingosangrento‬ ‪#‎sundaybloody‬  ‪#‎estadoislamico‬

Os 50 países com maior perseguição aos cristãos no mundo – 2015

Excelente vídeo para despertar a igreja para o tema “Missões e igreja perseguida” Os 50 países com maior perseguição aos cristãos no mundo.

‪#‎domingodaigrejaperseguida‬ ‪#‎igrejaperseguida‬ ‪#‎dip2015‬ ‪#‎OPovoDaCruz‬‪#‎EuFaçoParte‬ ‪#‎domingosangrento‬ ‪#‎sundaybloody‬  ‪#‎estadoislamico‬

VOCÊ SOFRE PERSEGUIÇÃO POR CAUSA DE CRISTO OU POR SUA CAUSA?

Slide7“Não sofra, porém, nenhum de vós como assassino, ou ladrão, ou malfeitor, ou como quem se intromete em negócios de outrem; mas, se sofrer como cristão, não se envergonhe disso; antes, glorifique a Deus com esse nome.” (1ª Pe 4.15-16)

A palavra de Deus apresenta as duas possibilidades. Podemos estar sofrendo por nossa causa e não por causa de Cristo. Há sofrimentos que são causados por nossas decisões erradas, atitudes, estilo de vida… Precisamos de discernimento e honestidade para admitir e mudar. Há pastores intransigentes e impacientes brigando com todas as igrejas que pastoreiam, há membros que causam confusão e divisão por onde quer que passam, há profissionais que sofrem dificuldades por pura incompetência, etc, e isto não é perseguição. Nestes casos, a Bíblia é clara: O que encobre as suas transgressões jamais prosperará; mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia. (Pv 28.13). A perseguição é fruto de nossa identificação com Cristo. É fruto de uma vida piedosa em Cristo Jesus. Não somos deste mundo como Cristo também não é e por isso o mundo nos odeia. Neste caso: “alegrai-vos na medida em que sois co-participantes dos sofrimentos de Cristo, para que também, na revelação de sua glória, vos alegreis exultando. Se, pelo nome de Cristo, sois injuriados, bem-aventurados sois, porque sobre vós repousa o Espírito da glória e de Deus. (1ª Pe 4.13-14)

Sunday Bloody Sunday – Cumprindo a Missão em meio à Perseguição.

Slide7Série de mensagens da Igreja Presbiteriana Vila Alpes. Sunday Bloody Sunday (Domingo Sangrento) – Cumprindo a Missão em meio à Perseguição nos desperta para a realidade da perseguição cristã no mundo ao longo da história e na atualidade. O povo de Deus sofre perseguição de várias formas, velada ou declarada, moral ou física, ela pode ser mais ou menos intensa, mas certamente a perseguição faz parte da jornada de todo cristão. O grande desafio dos cristãos é o de cumprir a Missão em meio à Perseguição.

2 Timóteo 3:12 “Ora, todos quantos querem viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos.” A perseguição é fruto de nossa identificação com Cristo. É fruto de uma vida piedosa em Cristo Jesus. Não somos deste mundo como Cristo também não é e por isso o mundo nos odeia. A Bíblia nos lembra: “alegrai-vos na medida em que sois co-participantes dos sofrimentos de Cristo, para que também, na revelação de sua glória, vos alegreis exultando. Se, pelo nome de Cristo, sois injuriados, bem-aventurados sois, porque sobre vós repousa o Espírito da glória e de Deus. (1ª Pe 4.13-14)

Segundo o ministério Portas Abertas, hoje existem mais de 200 milhões de cristãos vivendo debaixo da mais dura perseguição. “Os dez países onde os cristãos enfrentaram a maior pressão e violência no período de formulação dos relatórios (2015) foram: a Coreia do Norte, Somália, Iraque, Síria, Afeganistão, Sudão, Irã, Paquistão, Eritreia e Nigéria.”

Através desta série, além de sermos despertados para o tema com o intuito de interceder, se envolver e de alguma forma ajudar os cristãos que sofrem no mundo, poderemos também compreender melhor esta realidade em nosso contexto pessoal, ainda que vivendo em um país livre, pois todos sofremos algum tipo de perseguição em nossa jornada de fé.

Clipe da série*:

*Sobre a música do clipe da série: Sunday Bloody Sunday, é a famosa música da banda irlandesa U2, mas neste clipe é interpretada pela cantora Katie Melua. Sunday Bloody foi o “Domingo Sangrento” em que soldados britânicos mataram vários manifestantes em um conflito religioso entre católicos e protestantes em 1972 na Irlanda do Norte. John Lennon e Paul McCartney também protestaram através da música contra o “sunday bloody”.

Trecho da música na versão do U2:
“E hoje milhões choram
Nós comemos e bebemos enquanto amanhã eles morrem
A verdadeira batalha começou
Para reivindicar a vitória que Jesus conquistou
Num domingo, domingo sangrento.”

1a Mensagem: “Anatomia da perseguição na vida do cristão” 2 Timóteo 3:12

“Ora, todos quantos querem viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos.”
1. A Abrangência da PERSEGUIÇÃO
2. A Causa da PERSEGUIÇÃO
3. A Natureza da PERSEGUIÇÃO